Newsletter

Cadastre-se e receba todas as novidades

3 cortes na sua empresa que devem ser evitados

Publicado em 30 de Jul de 2017 por Giovanna Henriques |COMENTE

Em época de crise, sabemos que o gargalo fica cada vez mais apertado, mas algumas coisas não podem ser extintas da empresa, veja algumas delas



Texto Marcelo Casagrande | Adaptação Giovanna Henriques | Foto Shutterstock

corte

1º CAFEZINHO: Em um momento de desespero por cortes, muitos gestores buscam itens “palpáveis”, como o tal do cafezinho. São feitas projeções de gastos levando em conta a qualidade do produto e o número de copos usados ao longo do ano, mas se esquece de colocar o quanto isso pode representar de “ganho” para a produtividade da empresa. São nas paradas para ocafezinho que os colaboradores conseguem relaxar e se desligar dos problemas. É nesse momento também que ele recarrega as energias para seguir o expediente com foco no resultado. Não vale a pena o desgaste.

2º COMEMORAÇÕES DE ANIVERSÁRIOS: As celebrações podem e devem ser repensadas. Se antes a empresa costumava promover eventos externos uma vez ao mês, que tal apostar em uma comemoração mais simples, na parada para o café? Troque o almoço por salgadinhos e um bolo, mas não enterre a tradição. Pode desmotivar o colaborador e criar a falsa ideia de que a empresa não se importa com o clima organizacional.

3º PATROCÍNIO DE EQUIPES ESPORTIVAS CORPORATIVAS:

O jogo entre departamentos é o momento que os colaboradores têm para se divertir e deixar as diferenças de lado. Se sua empresa tem uma política de patrocínio para esse tipo de iniciativa, repense, mas não acabe com ela. Ao invés de organizar campeonatos com direito a churrasco e uniforme completo, mantenha a tabela de jogos, nem que para isso os inscritos façam o rateio dos gastos com a carne e a cerveja.

Revista Gestão & Negócios Ed. 101


COMENTE